segunda-feira, 29 de junho de 2009

ESTOU DE VOLTA


...Eu estava no jardim esculpindo um anjo em madeira, quando ouvi um grito. Era uma moça. De início eram distintos. Pouco a pouco misturaram-se e confundiram-se um uivo. Era um misto de prazer e desespero.

Aproximei, meu coração a bater em descompasso. Meu sangue a latejar. E o suor. E meu peito arfando...

Vagarosamente, deitei sobre ela, as mãos crispadas, ela me amou....